Beta-alanina. Quem deve suplementar?

beta

Quais os suplementos que de fato funcionam? Poucos, porém há alguns que batizamos como fatores “cereja do bolo”,ou seja, que se associados à rotina séria de treinamento, plano alimentar, sono de qualidade , hidratação e, o melhor, à vontade de superação são sim coadjuvantes para rendimento superior.

A suplementação de β-alanina é uma das poucas indicadas a quem treina musculação ou pratica atividades que demandem em algum ponto do treino sprints, tiros, explosão ou potência. Modalidades como ciclismo, atletismo, Crossfit e a própria musculação entram no rol das beneficiárias. Mesmo assim não é a modalidade que dita a necessidade da suplementação, pelo contrário é o praticante. Essa em especial não se aplica a quem é iniciante ou a quem não se submeta a treinos com intensidade elevada, caso contrário estará somente gerando mais um efeito placebo (aquele que só funciona psicologicamente, efeito motivacional). Esse e diversos outros suplementos são a ajuda extra, os últimos retoques, o toque de sofisticação para o plano de treino/nutricional.

Supõe-se que ela incentive o acúmulo de carnosina intramuscular o que otimizaria a capacidade tamponante das células musculares. Isso quer dizer o quê? Que a fadiga demoraria a chegar. Por isso o suplemento não é associado a incremento de força, todavia se aplica ao incremento da resistência muscular. Chegar a falha máxima, alcançar treinos mais volumosos ou reduzir tempo até a chegada por um Sprint mais eficiente.

Após a suplementação, a capacidade neutralizante gerada pelo acúmulo de carnosina muscular parece superar de 10% até 25% da capacidade natural e isso, certamente, pode ser decisivo em modalidades esportivas cujo desempenho é limitado pela acidose intramuscular.

Vale lembrar que uma das manifestações mais comuns e populares é a parestesia ou o famoso formigamento gerado pela dose única consumida acima de 800 mg (em média). O que para muitos é a “graça” do suplemento, para a nutrição esportiva não passa de um efeito colateral sem quaisquer prejuízos embora que nada representa o efeito final = rendimento

O que é a graça da suplementação? A individualização.

E bons treinos!

* Sabe –se que a Beta-alanina deve consumida em períodos delimitados e em doses individualizadas, entretanto, seu uso no Brasil ainda não é totalmente liberado o que demanda mais estudos acerca do tema. Estaremos aguardando.

Larissa Cerqueira

CRN1-5674

Nutricionista esportiva