Candidíase: como a nutrição pode auxiliar no tratamento.

Candidíase-01
É assustadora a incidência de candidíase de repetição em mulheres ao redor do mundo . Em torno de 7% de todas as mulheres que já desenvolveram candidíase vaginal aguda desenvolvem o quadro crônico . Este, muito mais grave e de difícil tratamento .
Ao todo , em torno de 1-2% de todas as mulheres no mundo sofrem com esse problema pelo menos 4x ao ano 😱. Uma das causas principais de visitas aos consultórios de ginecologia por ser um desconforto terrível e de repercussão direta na produtividade da mulher.
As causas variam desde desequilíbrio da microbiota vaginal , deficiência do sistema imunológico , uso de antibióticos prolongado , anticoncepcionais , diabetes e dieta rica em açúcares . Há referências que indicam que a maior parte dos casos é idiopática , ou seja , sem causa conhecida e outros por componentes genéticos.
De certo que a Nutrição tem papel fundamental nesse tratamento e é fundamental que a paciente entenda que tratamento deve ser conduzido por médio – longo prazo e não somente por medicação antifúngica como se baseia o tratamento tradicional.
Adianto que o tratamento nutricional se baseia na correção da ingesta de carboidratos de alto índice glicêmico principalmente sacarose , assim como garantia de Vitaminas D, Ácido fólico , B6, minerais com Zinco , manganês e aminoácidos como cisteína , glutatinona além de probióticos . Intestino doente , constipação crônica são fatores associados.
É uma condição que influencia diretamente a qualidade de vida da mulher e que o tratamento deve ser visto como de extrema importância.
Mulheres , fiquem alertas , a sua dieta , rotina estressante e tratamento equivocado podem gerar consequências na sua saúde.
Importante salientar que é imprescindível que o tratamento seja multidisciplinar incluindo medico e nutricionista.
Vamos tratar!
LARISSA CERQUEIRA NUTRICIONISTA
CRN1-5674