Influência da suplementação de Ômega 3 no tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) , grande conhecida entre o público feminino, é caracterizada, em geral, pelo aumento do volume ovariano, ausência ou irregularidade da menstruação, ausência de ovulação, aumento de peso, aparecimento de acne, hirsutismo (crescimento de pelos no rosto e outros locais em que a mulher normalmente não tem pelos), queda de cabelo, resistência insulínica (RI) e problemas com a fertilidade. Contudo, a Síndrome dos Ovários Policísticos manifesta-se de diferentes formas nas mulheres e, portanto, só pode ser diagnosticada por um especialista.

 

Evidências apontam para o sucesso no uso de suplementos de Ômega 3 quando prescritos por nutricionista e associado a dieta equilibrada. O tratamento costuma ser mais eficaz quando multidisciplinar. Dessa forma, é interessante associar o tratamento médico, ao nutricional e à rotina de exercícios físicos regulares acompanhados por educador físico para controlar os sintomas e melhorar a qualidade de vida dessas mulheres.

O estudo seguinte reforça a influência positiva dos suplementos à base de Ômega -3 no tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos. O papel dele seria como coadjuvante atuando na redução de gordura corporal, tratamento da Resistencia à insulina e controle hormonal.

EFICACIA DO OMEGA 3 NO TRATAMENTO DE MULHERES COM SÍNDROME DO OVÁRIO POLICÍSTICO

Verificou-se a influência da suplementação de 1500mg de Ômega 3 diariamente em mulheres diagnosticadas com a Síndrome do ovário policístico por 6 meses. Compararam-se ao grupo controle variáveis bem caraterísticas e elevadas na síndrome como níveis hormonais (testosterona, LH (hormônio luteinizante), insulina, taxas inflamatórias, IMC  (índice de massa corpórea), glicose em jejum e hirsutismo (excesso de pelos corporais). Concluiu-se que o IMC , níveis de insulina, e índice HOMA-IR ( também relacionada ao controle da glicemia) baixaram significativamente. Além desses dados, percebeu-se a redução das taxas hormonais (testosterona, LH) para níveis reduzidos e controlados. Ou seja a suplementação de Omega -3 foi efetiva no controle dos sinais e sintomas presentes em mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos (Oner, 2013).

Fonte: ONER G.(2013) Eficácia do Omega-3 no Tratamento de Mulheres com Síndrome  do Ovário Policístico.  In Doctor’s Nutrition, V. 84, Edição Especial, p. 21, Janeiro 2014.

Vale à pena relembrar que existem alimentos ricos em Ômega 3 disponíveis em nossa alimentação como o os peixes de águas frias como o salmão, as sementes como linhaça e chia por exemplo. 

Larissa Cerqueira