Ovários Policísticos

O SOP é uma das desordens endócrinas mais comuns em mulheres jovens (nós, lindas) e uma das alterações mais comuns é alteração do perfil glicêmico basal (glicemia, insulina).
Mulheres com a síndrome sofrem com aumento de peso, pelos (rosto e braços), queda de cabelo ou falhas, tendência aumentada para acne (especialmente na linha do queixo, testa e costas), distúrbios menstruais, risco aumentado para doenças cardiovasculares e DM além de maior incidência para ansiedade e depressão (aumento de glicações e inflamação sistêmica).
Avaliação hormonal (FSH, LH, Estrogênio, Progesterona, SHBG, Testosterona, DHT etc), tratamento psicológico e psiquiátrico (se necessário) e mudança no estilo de vida são pontos básicos de mudança.
Outra coisa que influencia diretamente é a composição dietética (o que a senhorita come!) – REDUÇÃO (leia de novo) de carboidratos, especialmente os refinados, pobres em magnésio e fibras (são essenciais para glicemia), aumento de vegetais e frutas, consumo de proteínas e gorduras (especialmente as vegetais). O uso de suplementos deve ser pensado.
Um trabalho recente avaliou o uso de Q10 e vitamina E durante 8 semanas em pacientes portadoras e observaram redução significativa da glicemia e insulina, além de melhorar sensibilidade do HOMA-IR (sensibilidade periférica à insulina) e melhor relação de hormônios andrógenos circulantes.
Logo, o que você percebe? Que para um corpo saudável e equilibrado (em todos os sentidos), a Nutrição é fundamental. Exponha-se a bons alimentos, bons pensamentos e cuidados!

Júlia Rios Nutricionista
Referência:
Izadi, A. et al. Hormonal and Metabolic Effects of Coenzyme Q10 and/or Vitamin E in Patients With Polycystic Ovary Syndrome. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, Feb 2019.